Busca
  • portaldiaadia_am
  • @diaadia_am
  • diaadia_am

Torcedores criam vakinha virtual para pagar contratos atrasados de kaçauerés do Boi Garantido

A meta da vakinha virtual é arrecadar R$ 100 mil reais. Segundo eles, esse é o valor aproximado da dívida do bumbá com os Kaçauerés

Torcedores criam vakinha virtual para pagar contratos atrasados de kaçauerés do Boi Garantido Foto: Márcio Costa Notícia do dia 05/07/2022

Cayo Dias

Parintins (AM) - Um grupo de torcedores apaixonados do Boi-Bumbá Garantido, iniciou nesta segunda-feira (04), uma campanha virtual para arrecadar doações com o objetivo de pagar contratos atrasados dos conhecidos Kaçauerés do boi vermelho e branco, trabalhadores que realizam o translado de alegorias.

 

A meta da vakinha virtual é arrecadar R$ 100 mil reais. Segundo eles, esse é o valor aproximado da dívida do bumbá com os trabalhadores que devem levar e trazer os módulos alegóricos do Festival de Parintins.

 

“Somos um grupo de torcedores e sócios do Boi Garantido, que está atravessando uma grave crise por conta da má administração da atual diretoria. Trabalhadores e pais de família se encontrar sem receber o dinheiro do seu sustento, passando necessidades, pela falta de organização e comprometimento da diretoria do Boi Garantido, um boi que já foi pujante, invencível e hoje está sangrando, nas mãos de Antônio e diretoria”, diz a justificativa do grupo na internet.

 

Os interessados em participar da campanha, podem doar através do link: https://www.vakinha.com.br/2954169

 

Crise vermelha

Atualmente, o Boi Garantido sofre com a pior crise interna de sua história. O bumbá saiu derrotado do festival 2022, e desde o início da temporada sofre com a greve de artistas. A última foi na terça-feira (28), quando os Kaçauerés paralisaram os trabalhos para realizar uma manifestação na Cidade Garantido. Os mesmo atearam fogo em alguns entulhos na área do estacionamento, mas o Corpo de Bombeiros conseguiu controlar as chamas.

 

Após isso, os trabalhadores se reuniram com a vice-presidente Ida Silva, que prometeu resolver o pagamento no mesmo dia. Segundo informações, os prestadores de serviço receberam apenas um vale. Já nesta segunda-feira (04), os artistas de galpão foram até o curral do boi da Baixa do São José para cobrar os pagamentos e a vice Ida Silva prometeu a quitação dos valores para as 14h da próxima sexta-feira (08).