Busca
  • portaldiaadia_am
  • @diaadia_am
  • diaadia_am

Amazonas conquista 50 medalhas e quebra recordes escolares nas Paralimpíadas Escolares 2023

Esse foi o melhor número de medalhas da história do Estado nas modalidades de atletismo, bocha e natação

Amazonas conquista 50 medalhas e quebra recordes escolares nas Paralimpíadas Escolares 2023 Foto: Divulgação Notícia do dia 04/09/2023

Da Redação

Manaus (AM) - A etapa regional Brasília da 16ª edição das Paralimpíadas Escolares 2023 chegou ao fim. A competição, que foi marcada pela maior delegação amazonense da sua história, terminou com 50 medalhas para o Amazonas, além da expectativa de classificar mais de 20 paratletas para a Fase Nacional, que ocorrerá em São Paulo, em novembro deste ano.

 

Com 32 medalhas de ouro, 11 de prata e sete de bronze, esse é o recorde de medalhas do Amazonas em competições paralímpicas escolares em toda a história, superando as 45 medalhas da Fase Nacional das Paralimpíadas Escolares 2022. Para a Nacional são esperados mais de 2,5 mil paratletas de todos os estados do país.

 

Superação

 

O desempenho histórico da delegação amazonense encerrou com chave de ouro o último campeonato em idade escolar do aluno Samuel Miranda, 16 anos. O discente, que estuda no Colégio Amazonense Dom Pedro II, participou de sua quarta Paralimpíadas Escolares, e se despediu com três medalhas de ouro.

 

“Muito feliz em medalhar em todas as provas de arremesso (de peso, disco e dardo). Deixo minha última Paralimpíadas Escolares feliz, com tudo o que a competição me proporcionou esses anos, com viagens e histórias”, compartilhou Samuel. 

 

A delegação também possui  um outro herói. Trata-se do professor Joaquim Filho, coordenador da equipe. Com mais de 40 anos de experiência na área esportiva, Joaquim segue atuando como atleta-guia dos paratletas amazonenses. Na função, Joaquim conquistou quatro medalhas nesta Paralimpíadas Escolares 2023. 

 

“Muito gratificante o campeonato que fizemos. O recorde de medalhas, o empenho. Por isso, faço questão de me doar para essa equipe, sendo dentro ou fora das pistas”, ressaltou Joaquim.

 

O Amazonas ainda bateu dois recordes escolares. Os alunos Manassés Cruz, 17, e Wesley Oliveira, 17, foram medalhistas de ouro no atletismo, nas provas de arremesso de dardo e 1500m, respectivamente. Nas suas categorias, nenhum outro atleta atingiu o resultado dos dois alunos amazonenses em toda a história da competição. 

 

Edição 2024

 

Para as Paralimpíadas Escolares 2024, o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) está organizando um formato diferente do atual. Para a próxima edição, cada capital estadual terá o direito de realizar uma seletiva na sua própria localidade, e, por índice técnico, definir em casa os classificados para a Fase Nacional. 

 

Atualmente, com organização da Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar do Amazonas, o estado já possui um formato classificatório exitoso nesse sentido. Em 2024, será da 2ª edição das Paralimpíadas Escolares do Amazonas (Parajaea’s) que sairão os paratletas que defenderão o estado na Fase Nacional.

 

“O nosso sentimento é de que fazemos parte integrante do CPB. Já estamos em articulação no comitê e no Amazonas para realizarmos as seletivas 2024 da melhor maneira possível”, afirmou o chefe da delegação amazonense, professor da Secretaria de Educação, Joniferson Vieira. 

 

A organização das seletivas no Amazonas será realizada por um comitê formado por agentes da Educação Especial e Desporto Escolar do estado, além de representantes da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel).