Busca
  • portaldiaadia_am
  • @diaadia_am
  • diaadia_am

Homem é preso ao se passar por funcionário de banco para aplicar golpe de mais de R$ 13 mil em idoso no AM

Na ocasião do crime, o indivíduo conseguiu efetuar diversos saques e fez 24 empréstimos em nome do idoso

Homem é preso ao se passar por funcionário de banco para aplicar golpe de mais de R$ 13 mil em idoso no AM Foto: Divulgação Notícia do dia 19/01/2024

Da Redação

Manaus (AM) - A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 22° Distrito Integrado de Polícia (DIP), prendeu, na quarta-feira (17/01), Daniel dos Santos Leal, 41, por aplicar golpe de mais de R$ 13 mil em idoso, 78, se passando por funcionário de agência bancária. O crime ocorreu no dia 28 de dezembro de 2023, em um banco na avenida Djalma Batista.

 

Durante coletiva de imprensa, o delegado Adriano Félix, titular da unidade policial, contou que, no dia do crime, a vítima se deslocou para um banco no Boulevard Álvaro Maia, a fim de realizar o saque do seu salário e décimo terceiro, quando foi abordado pelo criminoso.

 

“O indivíduo se passou por um funcionário da instituição bancária para ludibriar o idoso, que estava aguardando o estabelecimento abrir. Ele informou à vítima que a agência estava passando por um serviço de limpeza e que precisaria atendê-lo em outro banco. No local também havia uma mulher, ainda não identificada, que seria comparsa de Daniel e, na ocasião, teria se passado por uma cliente que também precisava de atendimento”, disse.

 

Conforme o titular, o estelionatário sugeriu que o idoso e a suposta cliente os acompanhasse até à outra unidade bancária, em seu veículo Hyundai HB20, para atendê-los. O idoso, sem desconfiar, aceitou a falsa ajuda e foi até o outro banco, localizado na avenida Djalma Batista.

 

“Ao chegar na segunda agência, Daniel agiu como funcionário do banco e simulou estar ajudando o idoso a sacar seu dinheiro. Para enganá-lo, ele alegava que a máquina estava com defeito e, por isso, precisariam manusear em outra. Nisso, a comparsa ia até à máquina anterior e pegava o dinheiro que o indivíduo disse ao idoso que não tinha sido possível sacar”, disse.

 

Segundo o delegado, com esse modo de ludibriar a vítima, o indivíduo também conseguiu efetuar diversos saques, aumentando o limite de saque com uma senha de segurança. Ele também fez 24 empréstimos no valor de 807 reais em nome do idoso, somando um prejuízo de mais de R$ 13 mil ao idoso.

 

“O infrator possui dois Boletins de Ocorrência (BOs) por estelionato contra a pessoa idosa, com o mesmo modus operandi, e uma saidinha de banco. Ele foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva no bairro Cidade Nova, zona norte. Quanto a sua comparsa, continuaremos trabalhando para identificá-la e efetuar a sua prisão”, contou.

 

Félix alertou que os frequentadores de agências bancárias, em especial as pessoas idosas, tenham cautela ao aceitar a ajuda de pessoas que se passam por funcionários de bancos.

 

“A orientação é que evitem entregar cartões e senhas para quem alega ser colaborador das agências. Para maior segurança, é importante procurar os gerentes do banco na área interna do local”, reforçou.

 

A PC-AM solicita a quem souber da identificação da comparsa de Daniel, que procure o 22º DIP, situado na rua Brasil, bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul, para denunciar. A identidade e as informações serão mantidas em sigilo.

 

Daniel dos Santos Leal responderá por estelionato contra a pessoa idosa e ficará à disposição do Poder Judiciário.